Entra, senta-te agora um bocado...


Entra, senta-te agora um bocado

Descansa, que deves vir cansado

Já é noite e as horas pesam mais

Guardei-te uma fatia de luz

Do sol que esta tarde acendi

Com as saudades que ainda guardo

Do primeiro dia em que te vi

Vá, tira o casaco

Descansa, que cansado deves estar

Guardei-te de luz uma fatia

Do sol enquanto estava a pino

Com as saudades que ali tenho

De quando eras pequenino...


Texto de Rose Vicioli #amordemae

ilustração de Lisa M. Nelson