Um ano de entradas grátis em museus e monumentos

05-03-2020

Todos os jovens residentes em Portugal nascidos no ano de 2002 - ou seja, que já tenham 18 anos (ou que façam em breve) - vão ter acesso gratuito a museus, monumentos e teatros nacionais que estejam sob a alçada do Ministério da Cultura.

Trata-se de uma das medidas vencedoras do orçamento participativo de 2017, chamada Cultura para Todos, que quer promover as iniciativas culturais junto dos jovens adultos. Acontece a partir do mês de abril e dura até cada residente celebrar o 19.º aniversário.

"Considerando que a referida iniciativa teve uma elevada adesão, o governo decidiu que, doravante", todos os jovens a viver em Portugal podem usufruir desta oferta cultural entre 1 de janeiro e 31 de dezembro do ano civil em que façam 18 anos, diz o despacho conjunto dos ministérios das Finanças e da Cultura.

O programa arrancou há dois anos e iria terminar no ano seguinte, mas por causa do sucesso, o executivo decidiu prolongar a sua existência.

Em Lisboa, este programa do governo inclui visitas grátis ao Museu Nacional de Arte Antiga, Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos, Panteão Nacional, Museu Nacional dos Coches, Museu Coleção Berardo, Torre do Tombo, Cinemateca, Palácio Nacional da Ajuda, Museu Calouste Gulbenkian ou o Museu de Arte Popular, entre outros.

Já no Porto, passe pela Sé, a Casa da Música, Museu Nacional Soares de Reis, Mosteiro São Bento da Vitória ou o Teatro Nacional São João. Em Braga, pode visitar, por exemplo, a Sé, o Museu D. Diogo Sousa ou o Mosteiro de São Martinho de Tibães.

Caso passe por Leiria, pode ir ao castelo, ao Museu de Leiria ou ao Moinho de Papel. Visite ainda o Palácio de Mafra, o Castelo de Mértola e o de Montemor-o-Novo, Museu do Brinquedo de Seia, Museu Marítimo de Sesimbra, Castelo de Loulé, Museu Regional do Algarve, Teatro Aveirense ou o Convento de Cristo, em Tomar.