Reciclagem: O que deve ou não deve colocar nos ecopontos

17-08-2019

Se ainda não fomenta a reciclagem na sua família, ou se a faz de forma incorreta, conheça algumas regras que a Sociedade Ponto Verde, que gere o sistema integrado de recolha e tratamento de resíduos de embalagens em Portugal, considera essenciais. 

Cada vez que compramos um produto e enviamos a embalagem para o lixo comum, todos os recursos utilizados na produção desta embalagem são desperdiçados: dos materiais extraídos à energia consumida na sua produção.

A reciclagem é a resposta dos países e governos a este desperdício, um ato simples e que nos ajuda a ter um impacto positivo no mundo em que vivemos. Para ajudá-lo a reciclar melhor, elaborámos um guia com perguntas e respostas sobre tema, com base em informações da Sociedade Ponto Verde.

O que é a reciclagem?

É o processo que transforma materiais usados em novos produtos, com o objetivo de serem reutilizados. Através deste processo, os materiais que teriam como destino o lixo indiferenciado podem ser reaproveitados.

Porquê reciclar?

Muitos dos produtos que utilizamos diariamente têm um impacto negativo sobre o ambiente, principalmente devido aos recursos utilizados para produzi-los. A reciclagem de embalagens usadas - e não só - é a resposta a este problema, uma forma de tentar amenizar os efeitos negativos sobre o planeta Terra. De acordo com a Sociedade Ponto Verde (SPV), ao reciclar está a:

  • Economizar energia. Fabricar materiais a partir de resíduos consome menos energia do que fabricá-los a partir de matérias-primas virgens;
  • Poupar matérias-primas. Ao reduzir a quantidade de matérias primas extraídas, como a madeira, petróleo ou minérios, estamos a poupar os recursos naturais do planeta;
  • Reduzir resíduos. Quanto mais reciclarmos, menos matérias têm de seguir para os aterros sanitários. Isto reduz a necessidade de construção de novos aterros e as preocupações associadas (de saúde, poluição e espaço).

Que materiais podemos reciclar?

É possível reciclar vários materiais, desde o vidro, plástico, metal ou papel.

Onde colocar as embalagens para reciclar?

Nos ecopontos, que são os equipamentos de deposição de resíduos. Existem três contentores para colocar, separadamente, os diferentes tipos de embalagens usadas. Cada contentor tem uma cor, que serve para distinguir o tipo de material a depositar.

O que depositar em cada ecoponto?

Carregue aqui para fazer o download do documento em PDF. 

Outros materiais que podem ser reciclados, mas não vão para o ecoponto:

  • Óleos alimentares usados. A descarga de óleos alimentares usados na canalização é uma das principais causas para o mau funcionamento das Estações de Águas Residuais (ETAR). Por este motivo, pode depositar os óleos usados no ecocentro da sua área. Informe-se na Câmara Municipal onde reside.
  • Cápsulas de café. Pode colocar em pontos de recolha próprios das marcas, caso estas o disponibilizem.
  • Medicamentos e radiografias. Pode entregar em qualquer farmácia.
  • Pilhas e baterias de equipamentos domésticos. Nos pontos de recolha da Ecopilhas (pilhão), junto a ecopontos, em escolas e outras entidades.
  • Lâmpadas Fluorescentes. Pode deixar na loja onde comprou a lâmpada nova ou em pontos Eletrões específicos para lâmpadas. 
  • Equipamentos elétricos e eletrónicos. Na loja onde comprou o novo equipamento ou nos pontos de recolha das entidades gestoras de REEE (resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos). 
3 dicas para separar os resíduos:
  • Esvaziar bem as embalagens, para não contaminar o material já depositado;
  • Espalmar as embalagens, por forma a diminuir o espaço que ocupam no contentor;
  • Colocar as embalagens uma a uma nos ecopontos, não em sacos fechados, para facilitar a separação na Estação de Triagem.

4 mitos da reciclagem

Mito 1: "Nós separamos e eles misturam tudo no camião"

Realidade: O interior do camião que recolhe os resíduos de embalagens do ecoponto amarelo e azul é bi-compartimentado.

Mito 2: "Tenho de lavar as embalagens antes de as separar"

Realidade: Não é necessário lavar embalagens antes de as depositar nos ecopontos para não desperdiçar água. Basta escorrê-las, espalmá-las e colocá-las no ecoponto correspondente.

Mito 3: "A reciclagem causa desemprego"

Realidade: Há mais de 2 400 empregos associados à gestão de resíduos de embalagens no âmbito do Sistema Ponto Verde. Não separar as embalagens, além de prejudicar o ambiente, geraria a perda destes pontos de trabalho.

Mito 4: "Não há ecopontos suficientes"

Realidade: A cobertura do território nacional é de 100%. Há mais de 41 000 ecopontos em todo o país, o que se traduz num ecoponto por cada 250 habitantes.