Qualquer um pode ter um filho, mas é preciso ser especial para ser um pai de verdade

14/08/2021

Um pai de verdade lida com as crises, não desiste de seus filhos, e faz o seu melhor por aqueles que ama. 

A verdade é que não é difícil tornar-se um pai, praticamente todos nós podemos fazer um bebé.

No entanto, ser um pai não é para qualquer um, assumir a responsabilidade e fazer a diferença na vida de um filho é apenas para as pessoas especiais.

Ser pai vai muito além de apenas ter o nome na certidão de nascimento de seu filho, é muito mais do que pagar contas ou dar o dinheiro da pensão todos os meses.

Ser pai não é contribuir apenas com os genes, nem visitar uma vez por ano e telefonar apenas quando convém. Ser pai é algo que vai muito além do que a grande maioria de nós está acostumado.

Um pai de verdade é uma pessoa responsável, presente, consciente das suas responsabilidades e do papel que representa na vida da pessoa que ajudou a colocar no mundo. Um pai de verdade lida com as crises, não desiste dos seus filhos, e faz o seu melhor por aqueles que ama.

Um pai de verdade nunca se acomoda, nem cobra aos seus filhos uma iniciativa que deve ser sua, um interesse que deve partir de si mesmo. Ele esforça-se por seus sonhos e dá exemplo de resiliência e otimismo para os seus filhos, ao invés de destruir os seus sonhos com visões negativas e limitadas da realidade.

Um pai de verdade faz questão de ser o espelho dos seus filhos e ensina-os sobre como devem tratar as pessoas, explica sobre como a vida e os relacionamentos funcionam e do quanto é importante sempre serem gratos pelas pessoas que possuem nas suas vidas, as boas e as más, porque todas nos ensinam lições valiosas.

Os verdadeiros pais ensinam desde cedo os seus filhos a tratar as mulheres das suas vidas, sem fazer distinção entre mães, parceiras românticas ou desconhecidas. Ele incentiva e ensina a importância do respeito incondicional e mostra-os como elas são importantes em todos os momentos de suas vidas.

Um pai real faz questão de se tornar o melhor homem que pode ser. Ele não mente aos seus filhos. Não desvaloriza o amor e a companhia deles. Não dá maus exemplos de caráter e princípios. 

Os pais verdadeiros são altruístas, pensam no bem e na felicidade de seus filhos antes de suas próprias, guiam-nos no caminho certo e estão sempre de braços abertos para recebê-los depois de suas quedas.

Um pai de verdade realmente conhece os seus filhos, porque lhes dedica o seu tempo e esforça-se para estar ciente de suas vidas, compreendendo que o seu compromisso não vai apenas até aos dezoito anos, quando atingem a maioridade, mas para a vida toda, porque paternidade não tem prazo de validade.

Um pai de verdade valoriza a felicidade dos seus filhos e luta por ela. Os pais de verdade amam os seus filhos com todo o seu coração e mostram, com atitudes, que estão sempre prontos para o que for preciso, apenas para ver um sorriso nos rostos dos seus amados. Eles sabem que tornar-se pai é fácil, mas que ser um pai é uma bênção que não podem desperdiçar.