O que acontece ao papel e cartão depois de irem para o ecoponto?

06/08/2021

O que acontece ao papel e cartão depois de irem para o ecoponto?

Sabemos que uma garrafa de água pode vir a ser uma camisola, que uma garrafa de vidro se pode reciclar infinitas vezes e até já ouvimos o Gervásio dizer "hoje uma lata, amanhã uma bicicleta". Mas o que acontece ao papel e cartão depois de entrarem no ecoponto azul?

diversos tipos de papel e cartão e a maioria tem lugar no ecoponto azul. Revistas e jornais, folhas brancas para impressão, cadernos, cartão, embalagens de papel e cartão, sacos de papel, todos estes são recicláveis e, como tal, devem ser encaminhados, depois de usados, para a reciclagem.

Para produzir papel e cartão pela primeira vez é necessário obter polpa de fibra de celulose que se retira de árvores como os eucaliptos. Aquilo que garante a resistência do papel são as ligações químicas entre as suas fibras. No processo de reciclagem, há tipos de papel que não podem ser transformados, pois o facto de estarem sujos e húmidos afeta essas ligações químicas, impedindo a produção de material com qualidade.

É por essa razão que alguns papéis não podem ser reciclados. Falamos de papel higiénico, lenços de assoar, guardanapos, caixas de pizza e bolos com gordura e outros semelhantes.

O percurso da reciclagem de papel

Depois de colocar o papel e o cartão no ecoponto, este é levado para os centros de triagem. Tanto de forma manual como mecânica, os resíduos são revistos para garantir que não há materiais que possam condicionar a reciclagem do papel e do cartão.

De seguida, os resíduos provenientes do ecoponto azul são misturados com água num mecanismo de grande turbulência de forma a que as fibras se separem. Depois e recorrendo a coadores, a pasta aquosa é novamente filtrada para que sejam eliminados quaisquer contaminantes que ainda possam existir.

Já livre de contaminação, o passo seguinte é colocar a pasta obtida numa passadeira em movimento para que seque. Neste processo, a pasta de fibra tem ajuda de rolos pesados e aquecidos que facilitam a secagem e a formação de enormes folhas de papel ou cartão. Estas folhas gigantes são, de seguida, cortadas em tamanhos mais pequenos para serem encaminhadas para a produção de novos produtos e embalagens.

Mitos e factos sobre a reciclagem de papel

O papel amachucado não pode ser reciclado? Pode! O papel amachucado pode ser reciclado desde que seja colocado no ecoponto correto: o azul.

Os rótulos das garrafas podem ser reciclados? Os rótulos podem ser reciclados. Para isso, devem seguir junto à embalagem para que não se percam durante o processo de reciclagem - como, por exemplo, os rótulos das garrafas de vinho e de água. Existem exceções e, nesses casos, sempre que solicitado na embalagem, os rótulos devem ser retirados e colocados no respetivo ecoponto - como acontece, por exemplo, com os dos detergentes.

Depois de o papel ser reciclado uma vez tem de ir para o lixo comum. Não é verdade! Depois de utilizado, o papel ou cartão reciclado deve ir novamente para o ecoponto azul para voltar a ter uma nova vida.

Tirou notas de tudo? Quando já as souber de cor, não se esqueça de colocar o papel no ecoponto!