Tuk Tuks FNAC oferecem centenas de livros em Lisboa e Porto

22/04/2022

No Dia Mundial do Livro a FNAC realça a importância da saúde mental com várias ações dentro e fora das lojas

  • Oferta de 200 livros aos primeiros "pacientes" a receberem receitas literárias na FNAC Chiado (Lisboa) e na FNAC Santa Catarina (Porto)
  • Parceria com Oficina de Psicologia para ciclo de eventos "Livros que Fazem Bem" e desafio de contos terapêuticos
  • Dia Mundial do Livro com 20% desconto em todos os livros, incluindo Novidades, nas Lojas FNAC e em fnac.pt

A saúde mental é um tema cada vez mais na ordem do dia, sendo o stress e a ansiedade fatores muito presentes na vida dos portugueses, mas que na verdade devia ser uma preocupação de todos. Segundo vários estudos ler é o melhor remédio, sendo recomendável ler todos os dias. Por esta razão, desde 3 de abril e a decorrer até 27 de abril, a FNAC está com a campanha Livros em Festa que defende que "Ler faz bem à saúde".

Em 2020 apenas 39% dos portugueses leram livros impressos, 10% leu livros em formato digital e 61% não leu qualquer livro. Para combater esta tendência, no Dia Mundial do Livro, 23 de abril, a FNAC vai 'receitar' livros. Junto às lojas FNAC Santa Catarina e Chiado, vão estar 'gabinetes móveis': Tuk Tuks com livros para oferecer aos 100 primeiros visitantes, com um leque de opções literárias variável e adequado ao estado de espírito de cada um. A par desta iniciativa, no Dia Mundial do Livro é possível comprar livros, incluindo todas as novidades, com 20% desconto nas lojas FNAC e em fnac.pt.

Para reforçar a importância que os livros têm no bem-estar de todos, a FNAC celebra ainda uma parceria com a Oficina da Psicologia com o início de um ciclo de conversas "Um livro que faz bem" em que, durante três sábados os psicólogos Madalena Lobo, Nuno Mendes Duarte, Inês Afonso Marques e Cristina Sousa Ferreira, trazem para os palcos dos Fóruns FNAC livros que podem ajudar a tornar o dia-a-dia mais feliz e menos desgastante, com temas ligados à Mudança, Ansiedade, Crianças Confiantes e Aprendizagem. Será ainda lançada um desafio nas redes sociais da FNAC para criação de contos terapêuticos, onde as pessoas poderão Criar contos a partir dos seus desafios pessoais, lançando-lhes uma nova luz e dinâmica interna. A iniciativa poderá ser conhecida neste link.

Inês Condeço, Diretora de Marketing e Comunicação da FNAC Portugal, salienta que "A FNAC tem como missão mostrar aos portugueses os benefícios da leitura ao longo de todo o ano. Criar hábitos de leitura é algo que devemos desenvolver ao longo da vida, sendo que quanto mais cedo os desenvolvermos, não só como um momento de lazer mas essencial à vida e à nossa saúde, maior será a necessidade de o mantermos ao longo da vida. A parceria com a Oficina de Psicologia pretende alavancar de forma cabal a importância que a leitura pode ter no nosso bem-estar emocional e como pode contribuir para nos sentirmos mais felizes, completos e em equilíbrio."

Inês Afonso Marques, Psicóloga Clínica na Oficina de Psicologia, afirma que "Ler multiplica perspetivas e ilumina a complexidade do nosso universo interior. Ler engrandece-nos e eleva-nos acima dos obstáculos diários. Ler acresce conforto em nos sabermos acompanhados nas nossas dificuldades, e abre caminhos de resolução a partir das experiências dos personagens e dos conhecimentos de autores. Ler é uma grande ferramenta terapêutica e de desenvolvimento pessoal".

No âmbito das celebrações do Dia Mundial do Livro, será também promovida uma iniciativa pela FNAC Madeira, através de uma biblioteca ambulante, denominada "A MAGIA DA LEITURA". Esta irá viajar pelas escolas da Região Autónoma da Madeira. A cerimónia de inauguração, com entrada livre, terá lugar hoje, dia 22 de abril, às 16h00 no Auditório da FNAC e contará com a abertura do Secretário Regional da Educação, Ciência e Tecnologia, Jorge Carvalho.

Através deste tipo de iniciativas, a FNAC continua a demonstrar o seu papel ativo na sociedade, incentivando à leitura, ao mesmo tempo que continua a apoiar o mercado livreiro, um dos mais afetados pela pandemia.