Lego prova como a brincadeira existe em todo o lado. Mesmo na “sala mais aborrecida de sempre”

14/05/2022

Que as crianças precisam de brincar para estimular o seu cérebro em crescimento, todos sabemos. Mas será que é necessário essa atividade envolver brinquedos? Uma nova experiência social levada a cabo pela The Lego Foundation revela que talvez não.

A empresa conhecida pelos pequenos tijolos de plástico convidou seis crianças a sentarem-se sozinhas numa sala branca, apelidada de "a sala mais aborrecida de sempre", com nada mais do que uma mesa e uma cadeira.

Depois, a produção deu às crianças um rolo de papel branco e foi aqui que os resultados começaram a surgir. Lentamente, as crianças fizeram uso do material que lhes foi dado, transformando o papel em diversas formas de diversão.

Uma capa de super-herói, um robô, um "quantos queres", uma bola, uma cabana, um vestido... Foram várias as criações surgidas de apenas alguns metros de papel branco.

Assim, a campanha nascida desta experiência, produzida pela Ketchum London e realizada pela Mad Cow Films, demonstra como a brincadeira existe em todo o lado, mesmo na "sala mais aborrecida de sempre" e incentiva os pais a encontrarem momentos divertidos com os seus filhos todos os dias.