Mitos e verdades sobre toxoplasmose na gravidez

13/09/2021

A toxoplasmose é causada pela ingestão de água ou alimentos contaminados com o protozoário chamado de Toxoplasma gondii, que é o agente transmissor da doença. E também pode ser transmitida pelas fezes de gatos infetados. Selecionamos as principais dúvidas sobre a toxoplasmose, sobre os sintomas e se o contato das mulheres grávidas com os gatos é arriscado. 

O que precisa saber sobre toxoplasmose:

É muito comum ouvir falar em toxoplasmose e logo associar a doença aos felinos, chegando até a ser popularmente conhecida como a "doença dos gatos." Isso porque o protozoário utiliza somente esses bichinhos como hospedeiros definitivos. 

Mas atenção, mamã: isso não quer dizer que se deve afastar do seu bichinho, ou pior, doá-lo! Entendemos a preocupação com o contágio - com razão! Mas o simples contato com o gato não tem problema, o animal só transmite a doença por meio das fezes, e isto se for manuseá-las e depois levar a mão à boca.

- A toxoplasmose é somente transmitida por gatos

MITO! Existem formas de contaminação, como a ingestão de carne crua ou mal passada, alimentos mal lavados e água contaminada, além do contato com solo contaminado e as fezes dos gatos.

Por este motivo, na gravidez, é necessário um cuidado extra com a limpeza da caixa de areia dos bichinhos em casa. O perigo mesmo só se dá se as fezes ficarem expostas por mais de três dias.

Se você tem um animalzinho em casa e ninguém para te ajudar a higienizar a caixa, não se preocupe. Use luvas e troque a areia todos os dias, pois o parasita demora, no mínimo, 24 horas para transmitir a doença. E não esqueça de levar bem às mãos depois!

- Grávidas precisam doar ou afastar-se dos seus gatos

MITO! Você pode brincar, segurar e mexer normalmente no seu gatinho! Ele só precisa estar com os exames em dia, porque os gatos não apresentam sinais claros da infeção por toxoplasmose! Como explicamos, o cuidado primordial é com a higienização da caixa de areia.

A boa notícia é que a transmissão da doença por felinos é estimada em apenas 1%!

- Alimentos crus podem transmitir toxoplasmose

VERDADE! É muito frequente o contágio da doença por meio da alimentação. Alimentos crus como carnes, saladas, sushi e frutas mal higienizados ou mal preparados também podem estar contaminados.

Por isso, é preciso cozinhar bem os alimentos e lavá-los muito bem quando for ingerir in natura. A recomendação médica é evitar o consumo deles fora de casa.

Caso você alimente seu gatinho com carnes cruas, é melhor evitar durante a sua gravidez! Ele também pode contrair o protozoário por meio da alimentação. Somente os gatos que se alimentam somente de ração industrializada, que não tem o hábito de ir à rua e que não têm contato com outros animais têm chances mínimas de contaminação por toxoplasmose.

- O risco para o bebé é maior no primeiro trimestre da gestação

VERDADE! Durante os três primeiros meses, os riscos como aborto espontâneo e malformação do feto são maiores.

- Arranhões, mordidas e lambidas de um gato contaminado podem transmitir toxoplasmose

MITO! Diferente de doenças como a raiva, a toxoplasmose não é transmitida dessa forma. Somente pelo contato das fezes do animal, isso se for manuseá-las e depois levar a mão à boca.

- Grávida pode passar a toxoplasmose para o bebé

VERDADE! Sim, a toxoplasmose congénita pode causar danos neurológicos, sequelas irreversíveis na visão e complicações como convulsões, anemia, febre, icterícia e até hidrocefalia.

Por esse motivo, é muito importante que a toxoplasmose seja diagnosticada o quanto antes na gravidez, para que o tratamento seja logo iniciado, prevenindo complicações para o bebé.

Exames de sangue rotineiros do pré-natal também buscam saber se você é imune ou não ao parasita.

- Os sintomas são os mesmos da gripe

VERDADE! Os sintomas são febre, mal-estar, ínguas inflamadas e dor de cabeça.

Lembrando sempre que é muito importante fazer corretamente os exames de pré-natal e todos os exames! Em caso de dúvidas, consulte sempre o seu médico.