FCH-Católica premeia jovens tradutores com viagem ao Parlamento Europeu

30-09-2019

A Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa vai premiar, esta tarde, os estudantes do ensino secundário que apresentaram as melhores traduções para língua portuguesa de textos em língua espanhola, inglesa, francesa e alemã na 20.ª edição do Prémio Traduzir. Os alunos serão premiados com uma viagem ao Luxemburgo onde terão a oportunidade de conhecer o trabalho da Direção Geral de Tradução do Parlamento Europeu.

"O Prémio Traduzir pretende dar visibilidade à tradução e à forma como constrói a nossa identidade comum na Europa. Conhecer o trabalho da Direção Geral de Tradução no Parlamento Europeu será, sem dúvida, uma experiência enriquecedora para jovens que, em geral, têm pouca consciência do papel que a tradução desempenha nas vidas de todos nós e nos destinos da Europa, assim como na relação com os nossos outros", refere a Prof.ª Doutora Alexandra Lopes, Diretora-adjunta da Faculdade de Ciências Humanas e Presidente da Comissão Organizadora do Prémio Traduzir.

Nesta edição, Inês Oliveira Miranda, da A. E. Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, é a vencedora da melhor tradução de língua espanhola. O prémio para melhor tradução de língua inglesa será entregue a Maria Teresa Marques da Escola Secundária José Gomes Ferreira, em Lisboa. Inês Memeteau do Liceu Charles Lepierre receberá o prémio para o melhor texto traduzido de língua francesa. Por fim, o primeiro prémio em língua alemã será entregue a Madalena Magalhães, da Escola Alemã de Lisboa.

A 20.ª edição do Prémio Traduzir contou com a participação de cerca de 100 escolas do ensino secundário público e privado em Portugal, tendo o patrocínio do Goethe-Institut Portugal, da Oxford School, do Instituto Espanhol de Línguas, da Cambridge School, do British Council, da Gradiva, do EF - Education First e das Embaixadas da Áustria, Canadá e EUA.

A cerimónia de entrega de prémios juntará alunos, professores e entidades patrocinadoras a partir das 14h30, na Sala de Exposições da Universidade Católica Portuguesa.