Exposição Photo Ark – A Nova Arca de Noé Chega a Lisboa

05-05-2019

Não perca a oportunidade de visitar a Exposição Photo Ark, a Arca de Noé em Lisboa, na Cordoaria Nacional.

Exposição Photo Ark Lisboa

Local: Cordoaria Nacional de Lisboa

  • Datas: 28 de novembro a 5 de maio de 2019
  • Horários:
  • Aberto todos os dias (incluindo Natal e Ano Novo)
  • Segunda a sexta - 10h00 às 19h00
  • Sábados, domingo e feriados - 10h00 às 20h00

Visitas guiadas para grupos, com atividades educativas e lúdicas para crianças.

No Verão de 2005, Joel Sartore entrava no Jardim Zoológico de Lincoln, Nebraska, para fotografar aquele que seria o primeiro animal da sua arca fotográfica: um rato-toupeira-pelado.

Era o início do Photo Ark - A Nova Arca de Noé, um projeto inovador e ambicioso que tem como objetivo fotografar todas as espécies existentes em cativeiro para criar um arquivo inédito da biodiversidade global e para inspirar o público a dedicar-se à conservação das criaturas mais vulneráveis no Planeta.

Fotografar todos os animais, de todos os jardins zoológicos e de todas as reservas do mundo, pode parecer uma tarefa de proporções quiméricas, mas não para Joel Sartore, reconhecido fotógrafo da National Geographic.

Doze anos depois, Joel já visitou mais de 250 Jardins Zoológicos e Santuários da Vida Selvagem, distribuídos por mais de 40 países e acaba de registar o 7000º retrato fotográfico da sua arca com o opossum-de-Leadbeater, captado no Santuário de Healesville, na Austrália. Pela frente, Joel irá ao encontro das 5000 espécies que lhe faltam para atingir a marca das 12000 existentes em cativeiro.

A exposição inédita que acompanha o projeto chega agora pela primeira vez a Lisboa e à Cordoaria Nacional através da National Geographic e estará aberta ao público a partir do dia 28 de novembro até 5 de maio de 2019.

Com uma seleção de alguns dos retratos mais emblemáticos do portfolio Photo Ark, esta é uma oportunidade imperdível de contemplar de forma única algumas das espécies animais com que partilhamos o Planeta - várias delas em grave risco de extinção e outras já mesmo extintas.

Em cada retrato, a arte de Joel Sartore traz-nos um olhar diferente que tem a capacidade única de humanizar cada espécie, de nos cativar para a sua essência, de nos explicar a sua história e de nos relembrar a sua importância.

Venha ver as melhores fotos desta Nova Arca de Noé, na Galeria da Biodiversidade - Centro Ciência Viva, no Porto, e descubra o que podemos #salvarjuntos.