Esta app quer acabar com o desperdício alimentar em Portugal

01-11-2019

E se o jantar fosse parte daquilo que sobrou num dos restaurantes do bairro? E se, em vez de ir parar ao lixo, essa comida fosse vendida por um terço do preço? Em traços gerais, é esta a proposta da Too Good To Go, aplicação móvel dinamarquesa que chega agora ao mercado português para ajudar a combater o desperdício alimentar.

Em Portugal, é desperdiçado um milhão de toneladas de comida por ano, segundo sublinha à Marketeer Madalena Rugeroni, country manager da Too Good To Go para o mercado nacional. «Aqui há um benefício claro para todas as partes. Não só vão estar a ajudar o meio-ambiente como conseguirão comida de óptima qualidade com preços irrisórios», indica a responsável. Uma refeição que habitualmente custaria 15 euros pode ser adquirida por apenas cinco, por exemplo.

A aplicação arranca com cerca de 50 parceiros na Grande Lisboa, região a que está restringida para já. São restaurantes, mas também podem ser hotéis ou bombas de gasolina, desde que tenham excedentes alimentares a que queiram dar uma segunda oportunidade. Aruki, Pão de Canela, Pátio 14, Tartine, Hygge Cafe e Rolls Brunch são alguns dos parceiros iniciais.

Quem descarregar a aplicação poderá seleccionar o estabelecimento que deseja, fazer o pedido e recolher no local, no horário indicado. A Too Good To Go não disponibiliza serviço de entregas, pelo que cabe ao utilizador ir buscar a sua Magic Bag. É este o nome dado ao pedido de refeição, uma vez que os consumidores nunca sabem exactamente o que irão receber - sabem o tipo de gastronomia, mas não é possível prever quais serão os excedentes do dia -, uma espécie de experiência mágica e inesperada.