Coração Amarelo desenvolve projecto piloto “Olá Vizinho” em Oeiras

02/05/2021

Vizinhos voluntários são convidados pela equipa da Delegação de Oeiras da IPSS a apoiar idosos próximos em situação de isolamento. 

A Delegação de Oeiras da Associação Coração Amarelo está a desenvolver com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras o projecto piloto "Olá Vizinho!", convidando os munícipes a estarem atentos aos idosos isolados que vivam perto de si e possam necessitar de apoio.

O projeto piloto "Olá Vizinho" consiste na identificação de um voluntário por prédio (na zona de Oeiras) que faça a sinalização das pessoas idosas em situação de isolamento e se comprometa a acompanhá-las e ajudá-las dentro dos princípios e valores da Associação Coração Amarelo.

O Voluntário responsável por fazer o acompanhamento das pessoas idosas sinalizadas conta com o apoio da equipa da delegação de Oeiras da IPSS, com a qual reúne mensalmente para partilhar e analisar as diferentes situações e a possível intervenção das equipas.

Recentemente, a Associação Coração Amarelo distribui informação pelas caixas de correio dos moradores urbanos de Oeiras a informar sobre o projecto e consciencializar para as necessidades de apoio a casos de vizinhos idosos que vivam em condições de isolamento e quem possa faltar, para além do apoio para questões materiais do dia-a-dia, a atenção e o afeto que permitem mitigar a solidão tão frequente nestas faixas etárias. O envolvimento comunitário é uma peça chave para responder a este desafio.

Pequenas ações que pode fazer para ajudar os seus vizinhos idosos:

  • Identificar as pessoas idosas que residem no seu prédio e/ou nas proximidades da sua habitação, principalmente as mais sós/isoladas;
  • Procurar conhecer quais as necessidades mais prementes de cada idoso/a;
  • Dar conhecimento à Associação Coração Amarelo para poder ser dado acompanhamento;
  • Tornar-se voluntário da Associação Coração Amarelo.

Em breve a Associação Coração Amarelo conta avançar com o projecto para todas as suas Delegações de Lisboa, Agualva Cacém, Cascais, Porto, Sintra e Bouceiros/Porto de Mós.

Consignação do IRS para a missão Coração Amarelo

Outra forma de apoiar a missão Coração Amarelo neste trabalho voluntário de combater o isolamento e solidão de pessoas mais velhas em vulnerabilidade, é através da consignação do IRS.

Para o efeito, basta, na altura do preenchimento da declaração de IRS, no Modelo 3, Quadro 11, Campo 1101 - Instituições Particulares de Solidariedade, colocar o NIF da IPSS: 504 813 846. É um ato simples, sem qualquer custo para os contribuintes, e que representa uma preciosa ajuda para que a Associação continue a levar apoio e afetos aos mais idosos.

Vídeo Coração Amarelo | A solidão é um problema real, de todos.

Sobre o Coração Amarelo

A Associação Coração Amarelo é uma IPSS fundada em 2000, por 7 mulheres da área social (Ana Pires Marques, Elvira Morais, Helena Cadete, Lisete Oliveira, Lucília Campos, Manuela Marques Alves e Rosa Araújo), ao serviço da comunidade e assente no trabalho de voluntariado.

Tem como missão ajudar a minimizar a grande solidão em que muitos idosos vivem em Portugal, fazendo-lhes companhia e ajudando-os em pequenas tarefas caseiras ou no exterior, levando-lhes o afeto e a atenção que lhes falta neste período das suas vidas. Atualmente a missão Coração Amarelo conta com aproximadamente 700 voluntários e 500 beneficiários.