Compal inicia construção de duas escolas em Moçambique

08-08-2019

As vendas do néctar Compal Terra, lançado no âmbito da iniciativa 'Ajude-nos a Ajudar Moçambique', criada em parceria com a ONG Apoiar e a SIC Esperança, vão permitir reconstruir e equipar duas escolas em Moçambique. A marca iniciou a construção esta semana e prevê um benefício de 1541 crianças quando as escolas estiverem em pleno funcionamento. 

Numa nota enviada às redações, a Compal diz que, "em Moçambique, o ano escolar começou em fevereiro e, após a devastação causada pelo furacão Idaí, as crianças da escola da Marcação já estão a utilizar as novas salas de aula, numa escola recém-construída, dando continuidade a um ano escolar com renovada esperança e normalidade. A Escola da Marcação é a primeira escola a ser reconstruída através do projeto Compal 'Ajude-nos a Ajudar Moçambique'".

Recorde-se que, no âmbito desta iniciativa, por cada embalagem de néctar Compal da Terra vendida, a marca Compal comparticipa com 1 euro para apoiar o projeto de reconstrução das escolas de Moçambique.

"A solidariedade dos portugueses está a ditar o sucesso deste projeto, que já conseguiu iniciar as obras de requalificação da Escola da Marcação. O teto antes sem proteção está agora coberto, as estruturas frágeis dos pavilhões foram reforçadas e as crianças podem voltar à sua rotina. Uma conquista para esta região que vê a normalidade do dia-a-dia regressar aos poucos", diz ainda a Compal.

A Compal diz ainda que as obras de reconstrução das escolas devem terminar em setembro.