Banzai: no novo espaço da Invicta vai poder testar os seus limites

23-08-2019

Teste os seus limites. Reúna os amigos, a família ou os colegas de trabalho e vá até este novo espaço na Baixa que põe à prova as suas capacidades físicas, sensoriais e intelectuais. Aguenta a pressão?

Se há muito tempo que não reúne os amigos para uma saída, que tal garantir que na próxima vez esta seja épica? Tudo o que tem de fazer é guiá-los em direcção ao número 24 da Rua Dr. António Emílio Magalhães, onde abriu o Banzai, espaço onde encontra dois jogos que prometem testar os seus limites ao máximo. A estrela da casa é o Banzai Challenge, uma mistura de escape game com game show japonês, Jogos Sem Fronteiras, jogo de computador e programa de televisão. O resultado é um live action game, que Joaquim Valente, um dos responsáveis pelo projecto, afirma ser o passo seguinte, "em termos de conceito", dos jogos de fuga. Contamos-lhe tudo.

A ideia

Um escape game, um game show japonês, os Jogos Sem Fronteiras, um jogo de computador e um programa de televisão entram num bar. O resultado? Um live action game, que Joaquim Valente afirma ser o passo seguinte, "em termos de conceito", dos jogos de fuga. A ideia, conta, chegou depois de alguns anos à frente da Porto Exit Games junto com Thais Nomi Valente, a esposa, e de terem participado em "centenas" de jogos do género espalhados por "quatro continentes". Puseram mãos à obra e surgiu o Banzai, que Joaquim diz tratar-se de um projecto "único no mundo". Aqui, "o objectivo não é escapar, mas completar uma série de missões e ganhar o máximo possível de pontos", explica. De momento, tem dois jogos à sua espera - com o tempo vão aparecer mais -, que conceberam de raiz com a ajuda da equipa da Porto Exit Games. 

São eles o Banzai Challange, a estrela da casa, e o Banzai Bomb.

Banzai Challenge

Os cinco sentidos de cada elemento da equipa (entre duas e dez pessoas) vão ser explorados ao longo de cinco missões, que deverão ser completadas com o maior número de pontos possível. "Pelo meio disso, há uma série de armadilhas, penalidades e desafios que os jogadores têm de resolver", explica. Além da visão, da audição, do tacto, do olfacto e do paladar, os jogadores vão ser ainda testados, individualmente e colectivamente, em termos de coordenação motora, agilidade, precisão, criatividade, sentido de humor e energia, por exemplo. Apesar de ser um desafio físico, está adaptado a todas as idades, "dos oito aos 80".

Banzai Bomb

Nesta prova, a sua equipa (entre dois e sete elementos) vai poder colocar-se na pele de uma unidade de minas e armadilhas e tentar desarmar uma bomba antes que esta expluda. Para isso, o grupo vai ter de dividir-se: uma parte fica com a bomba e a outra com uma série de manuais sobre como desarmar estes objectos, mas sem saber qual o que corresponde ao tipo da bomba em causa. "Comunicando por walkie-talkie, os que estão com a bomba tentam explicar como ela é e os que estão com os manuais tentam perceber qual é o indicado e fazem perguntas para ajudar. No final, os jogadores trocam de posição, mas também muda a bomba, pelo que tudo volta à estaca zero."

Preços

Quanto maior for a equipa, menor será o valor que cada elemento tem de pagar. No Banzai Challenge, os preços variam entre os 14,50€/pessoa (grupo de dez jogadores) e os 27,50€/pessoa (uma dupla). Já no Banzai Bomb, a quantia a pagar começa nos 10,90€/pessoa (quatro participantes, três tentativas) e estende-se até aos 14,90€/pessoa (dois participantes, quatro tentativas). Caso a sua equipa opte por disputar os dois jogos no mesmo dia, o valor combinado de ambos é mais económico.