Como reage o seu filho à frustração?

21/09/2022

Quantas vezes não olha para o seu filho e sente que ele parece incapaz de ser tolerante à frustração? Quantas vezes não lhe parece que, por muito que tente satisfazer as necessidades do seu filho, nada parece ser suficiente? Como se ouvir um 'não' ou aceitar o contraditório fosse uma tarefa demasiado exigente e difícil de alcançar.

A verdade é que aprender a gerir a frustração é uma das principais competências que as crianças precisam de adquirir e, nem sempre, essa aquisição é fácil. Apesar disso, é inequívoco que é à medida que uma criança aprende a tolerar a frustração que se torna mais capaz de enfrentar os desafios do seu dia a dia e de alcançar as conquistas a que se proponha.

Por isso, esta semana desafiamo-lo a olhar para o seu filho e ficar atento aos momentos contraditórios, aos momentos em que o 'não' é essencial, ou em que uma necessidade não pode ser satisfeita no imediato e perceba como ele está a reagir. É capaz de tolerar a frustração e encontrar estratégias adaptadas à situação? Ou, por outro lado, deixa-se envolver pela frustração e não se consegue libertar e pensar de forma clara e eficiente sobre tudo aquilo que está a experienciar? Se for a segunda opção, é tempo de promover momentos que permitam ensinar o seu filho a reagir à frustração de forma saudável, para que cresça saudável e capaz.