Havaianas estragadas? Há uma solução para reciclá-las.

11/02/2022

As Havaianas são o ícone mais famoso do verão. São sinónimo de praia, de férias e de moda, claro. Mas também se estragam e ficam velhinhas, por isso, esta é a altura ideal para deixá-las dar passos mais sustentáveis. Quer saber como? Retire-as do fundo do armário e leve-as até ao contentor que lhes vai dar uma nova vida! Descubra aqui qual é.

A conhecida marca de chinelos de praia Havaianas tem vindo a criar pontos de reciclagem destes sapatos um pouco por toda a Europa. Atualmente, existem 76 locais de recolha de chinelos em fim de vida e sete deles acabaram de chegar a Portugal.

São pequenos paralelepípedos verdes com um chinelo amarelo desenhado ao centro. Estes contentores, onde pode colocar as suas havaianas estragadas, podem encontrar-se em lojas da marca e em alguns centros comerciais, de Lisboa, Almada, Portimão e Funchal.

Então e o que acontece depois de entregar os seus chinelos estragados ou em fim de vida? Graças ao sistema criado pela marca, estes vão ser reciclados e reintegrados na economia circular.

Como do velho se faz novo e a reciclagem tem essa capacidade, depois de colocadas no contentor especial da marca, os seus chinelos velhinhos ganham vida nova enquanto tapetes de ioga e de ginástica ou até em solas de outros sapatos.

Produzidas a partir de borracha, as Havaianas são um material natural muito abundante no Brasil, país de onde são originárias. A borracha é também um material de fácil reutilização, por isso, a marca afirma que durante o processo de produção é fácil não criar desperdício.

"Quase todas as sobras do nosso processo de produção são utilizadas no fabrico de novos pares. As que não podemos utilizar tornam-se parte integrante de outros produtos feitos com borracha, como os pneus, por isso nada é desperdiçado", explica a marca.

Antes de estarem prontas e depois de servirem o seu propósito as Havaianas dão cada vez mais passos verdes rumo a um planeta mais sustentável.

Faça também a sua parte, separe as suas embalagens e se tiver Havaianas estragadas leve-as até aos pontos de recolha para lhes dar uma nova vida!