Dinossauros: os “Gigantes” estão de volta ao Pavilhão do Conhecimento

08/11/2022

Dez anos depois, os dinossauros regressam ao Pavilhão Conhecimento, em Lisboa, onde vão habitar até setembro do próximo ano. A inauguração da exposição Dinossauros - O Regresso dos Gigantes terá lugar no dia 11 de novembro, sexta-feira, às 18.00.

Herbívoros, carnívoros, grandes, pequenos, couraçados, com golas, chifres, cristas e dentes afiados. Nesta exposição vamos ficar a conhecer de perto e à escala real muitos dos dinossauros mais carismáticos que conhecemos desde sempre. Transformado em Pavilhão Jurássico, o museu irá receber, entre outros, um Ankylossaurus. A expressão "armado até aos dentes" é quase literal neste dinossauro, já que a sua armadura se estendia até às pálpebras ósseas. Marcará também presença o famoso Tyrannosaurus rex, um dos maiores predadores que alguma vez existiu: podia pesar oito toneladas e tinha a dentada mais poderosa do reino animal. Mas o primeiro lugar do pódio em velocidade pertencia ao Ornithomimus, um dos novos residentes do Pavilhão do Conhecimento.

A estes dinossauros juntam-se ainda o Stegossaurus, o Triceratops, o Deidonychus e muitos mais. Desengane-se quem pense que este é um "assunto do passado": todas as semanas, descobre-se, em média, uma nova espécie de dinossauro. Como cresciam os dinossauros? Que sons faziam? Como se camuflavam e como se defendiam? Muitas das respostas a estas perguntas serão dadas pelas espécies que marcam presença na mostra.

A exposição mostra-nos que graças aos avanços da Paleontologia conhecemos melhor espécies extintas há 65 milhões de anos, como o Tyrannosaurus rex, do que muitas espécies atuais. Munidos de trinchas e pás, os visitantes são convidados a entrar no mundo da Paleontologia, passando pelas suas várias estações, desde a tenda de campanha até ao laboratório. Pequenos e grandes exploradores irão participar ativamente numa escavação, desvendar os sons que dominavam o Cretácico, fazer uma ilustração científica de um dinossauro e reconstruir um esqueleto.

Muitos dos dinossauros que habitaram o nosso país também estarão em destaque nesta mostra. Pela primeira vez surgirão todos juntos e ilustrados à escala real, ocupando as grandes paredes da nave do Pavilhão do Conhecimento. Na verdade, Portugal é o sétimo país do mundo com mais espécies de dinossauros: 25 no total. Lidera no número de descobertas por área, estando no "top 10" com a Argentina, China e Estados Unidos da América.

A mostra integra ainda testemunhos de especialistas na área da Geologia e da Paleontologia e de jovens apaixonados por dinossauros, que aceitaram partilhar com o público a sua paixão.

Acolher estes gigantes de quatro metros de altura e duas toneladas e meia de peso obrigou o Pavilhão do Conhecimento a reforços especiais. A começar pelo chão, que teve de ser intervencionado para aguentar o peso de tão colossais criaturas.

Tal como a Paleontologia, esta é uma mostra em que a anatomia, geologia, química, física, matemática, informática e estatística se juntam para nos contar a história destes "gigantes". 10 000 espécies de dinossauros ainda vivem entre nós... Será que já se cruzaram com alguma?

A exposição Dinossauros - O Regresso dos Gigantes pode ser visitada até setembro de 2023 no Pavilhão do Conhecimento.