A Capital do Natal vai nascer em Algés

29-11-2019

Não é apenas um parque temático, é uma história e uma experiência. Este ano, a magia da Lapónia vai ao Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. 

Faltam exatamente três meses para o Natal. Há toda uma magia e uma mística que, para uns é indiferente e para outros torna aquelas semanas nas melhores do ano. Em Oeiras, várias entidades e três empreendedores apaixonados pelo Natal juntaram-se para que 2019 vivesse o seu ano mais especial de sempre. E para que este concelho da Grande Lisboa fosse este ano a Capital do Natal.

A Capital do Natal é o nome de um parque temático que não o é: ou que o é, na sua base, mas pretende ser muito mais do que isso. Ivan Dias, um dos fundadores do projeto, tinha o sonho de criar, para o Natal, um espaço que fosse imersivo, que contasse uma história e que, no limite, fosse algo "como o País nunca viu".

Quando o Christmas Fun Park foi anunciado em janeiro, os detalhes sobre o projecto - que promete evocar a magia da aldeia do velhinho das barbas brancas - ainda eram poucos. Agora, com uma plataforma digital a funcionar, já é possível consultar o mapa do maior parque temático de Natal da Europa, que estará de portas abertas a partir de 29 de novembro e contará com mais de uma dúzia de áreas distintas, desde o Palco da Harmonia à Grande Roda do Ártico. Mas a atracção mais esperada é o Palácio dos Guardiões da Neve, uma cúpula geodésica, com condições climatéricas controladas e produção de neve a partir de nitrogénio.

Ilustração do interior do Palácio dos Guardiões da Neve - Christmas Fun Park
Ilustração do interior do Palácio dos Guardiões da Neve - Christmas Fun Park

"É um espaço com tecnologia finlandesa de produção e construção de neve e gelo, nunca antes usada em Portugal", explica João Godinho, um dos responsáveis pela concretização deste parque temático. "Vamos tentar transformar cada participante num apaixonado pelo árctico, que é uma região que está a ser muito afectada pelas alterações climáticas, razão por que tentamos explorar essa questão na nossa exposição. Por isso é que se chama o Palácio dos Guardiões da Neve, porque queremos que as pessoas saiam com vontade de preservar e manter esse ecossistema."

Além do Palácio dos Guardiões da Neve, onde os visitantes vão poder experienciar temperaturas negativas e admirar esculturas de gelo, a Capital do Natal contará ainda com O Grande Lago, o elemento central de todo o parque, onde se encontrará uma árvore com 40 metros de altura e iluminação própria e adaptável à sincronização com outros elementos decorativos. Há ainda uma pista de gelo, cinco pistas de neve com tela de cobertura, um carrossel, um mercado e muito espaço para espectáculos temáticos e diversões. Destaca-se também o Expresso dos Cinco Sentidos, que irá proporcionar a melhor forma de conhecer os quatro cantos da Capital do Natal: de comboios, olhos bem abertos, nariz apurado e ouvidos em alerta máximo.

Mapa da Capital do Natal - Fotografia: Christmas Fun Park
Mapa da Capital do Natal - Fotografia: Christmas Fun Park

"Está tudo enquadrado numa experiência imersiva. Quando se entra, faz-se parte da história", acrescenta João Godinho. "É a história da Laura, uma menina portuguesa que sonhou com um Natal em Portugal com muita neve e gelo e decidiu falar com o Pai Natal, que delegou aos elfos essa responsabilidade. Todo o parque segue a lógica dentro dessa narrativa, por isso é que na entrada não há um pórtico, há um portal, onde é entregue um passaporte para registar a experiência imersiva e recolher cristais, que no fim poderá depositar na Árvore do Tempo Infinito."

Por entre as diversões, encontrará ainda o Piquenique dos Elfos Gulosos, a área de restauração onde haverá animação, "porque ao contrário dos humanos os elfos gostam de cantar à mesa", diz ainda João Godinho, aproveitando para contar que, na Capital do Natal, há elfos "com certificações élficas tiradas na Lapónia". Se por acaso se perder, pode sempre pedir-lhes ajuda ou aproveitar a boleia do Expresso dos Cinco Sentidos. "Há ainda outro comboio, mas esse encontra-se no Bosque dos Elfos, onde estão concentradas actividades para os mais novos."

O parque, que será montado no mesmo local do festival NOS Alive e da Comic Con Portugal, conta com um investimento de cerca de seis milhões de euros e com a Casa do Marquês e a Câmara Municipal de Oeiras como principais parceiros. A magia vai acontecer de segunda a quinta-feira das 12h00 às 23h00, de sexta a sábado das 10h00 às 00h00 e no domingo das 10h00 às 23h00.

Os bilhetes, já à venda na Ticketline, custam entre 20€ (crianças até aos 12 anos e séniores), 24€ (entrada normal) e 88€ (para dois adultos e duas crianças), até 15 de Outubro. "Aproveite antes que derreta", brinca João Godinho. "É o slogan para esta campanha promocional." A partir de dia 16, os preços aumentam e passam a custar entre 25€ e 100€. Mas, atenção, a Via dos Corações Abertos, que é um mercado de Natal, é de acesso livre.

Passeio Marítimo de Algés (Oeiras). De 29 de novembro a 12 de janeiro. Seg-Qui 12h00-23h00, Sex-Sáb 10h00-00j00 e Dom 10h00-23h00. 20€-88€/até 15 de outubro. 30€-100€/a partir de 16 de outubro.